Esta loja usa cookies e outras tecnologias para que possamos melhorar a sua experiência. Saiba mais clicando aqui.

fechar
logo

Com o intuito de proteger melhor os clientes de produtos falsificados, a Textar lançou o PROriginal, um novo selo de segurança da TMD Friction para as suas embalagens.

Começando pela embalagem para aplicações em veículos de passageiros, todos os produtos da Textar serão protegidos, passo a passo, com um selo, que deve ser removido antes de ser aberta a caixa.

Na parte de trás do selo, existe um código QR e um código alfanumérico de 12 dígitos, ambos associados, exclusivamente, ao produto. Isto permite ao cliente verificar a autenticidade do produto de duas formas: fazendo a leitura do código QR com a app Textar Brakebook (gratuita para iOS e Android) ou com outro scanner de código QR. Em alternativa, o código alfanumérico pode ser inserido aqui.

Uma vez inserido o código ou feito o scan, o cliente recebe uma das seguintes respostas:

• Dispõe de um produto Textar original;

• Este código já foi inserido. Entre em contacto com a Textar caso a caixa não tenha sido aberta;

• Aviso! Este código não é válido.

Este procedimento permite ao cliente descobrir, de forma imediata, se o produto de que dispõe é original ou falsificado. Se o cliente tiver um código inválido ou que já tenha sido digitado, é altamente provável que o produto seja falsificado.

Neste caso, a TMD Friction deve ser informada o mais rapidamente possível através do formulário de contacto online ou da linha direta de serviço (+49 (0) 2171 7032397), para que possa proceder às etapas seguintes.

A TMD Friction, subsidiária integral da Nisshinbo Holdings Inc., investe mais de 30 milhões de euros por ano em pesquisa e desenvolvimento para as suas pastilhas de travão. Qualidade e fiabilidade são os seus pilares.

Para proteger os clientes contra falsificações e de modo a tomar uma posição clara contra a pirataria de produtos, o especialista em travagem está a tomar uma série de medidas de modo a garantir que os seus produtos sejam marcados adequadamente e não sejam alvo de falsificações.

Fonte

Partilhar